::: vergonha intelectual :::

Três anos para concluir o que todos sabíamos: o tiro que matou Oziel Terena em 2013 veio da Polícia Federal, mas esse [outro] 2013 não é lembrado pela memória seletiva dos moralistas da esquerda e da direita que, em suas narrativas estratégicas, parecem preocupar-se com as causas das minorias, mas apenas enquanto elas lhes servem para – taticamente – golpear o poder que criticam e desejam. Quando enfraquecem seus adversários políticos, ou alcançam um certo poderzinho, questões – como a questão indígena – ou mesmo a desmilitarização da polícia [ e tantas outras] – desaparecem de seus discursos tão rapidamente quanto surgiram. Alguém aí sabe quem matou o Amarildo? Pois é. E, de maneira perversamente simétrica, os que estão no poder – sempre provisoriamente – preocupam-se com as minorias apenas quando estas lhes servem para mostrar como o Estado é eficiente, mas quando o Estado é a própria máquina genocida permanecem em silêncio cúmplice, pois isso pode arranhar a imagem da representação política… No meio do fogo cruzado, das disputas interessadas das oposições e da situação [seja qual esta for], a vida [sempre em risco] das minorias, das múltiplas sociedades sem Estado, sem partido e sem capital. Onde está toda aquela revolta contra Belo Monte? Onde está a indignação com a situação dos Guarani? Onde estão aqueles extensos artigos sobre a questão indígena publicados quase que semanalmente? Estamos diante da vergonha intelectual de falar pelos outros justamente porque não podemos sustentar essa fala para além de interesses localizados, muito aquém do verdadeiro problema, ou melhor, dos verdadeiros problemas do Brasil. Para nós, concordamos com Deleuze, “o intelectual teórico deixou de ser um sujeito, uma consciência representante ou representativa. Aqueles que agem e lutam deixaram de ser representados, seja por um partido ou um sindicato que se arrogaria o direito de ser a consciência deles”

Advertisements


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s